Proteja seu bovino e seu negócio

setembro 03 2016
proteja-gado

Mais do que os cuidados com transporte de bovinos, um produtor deve cuidar mais especialmente da saúde de seu gado, para que o produto final seja de qualidade e não cause prejuízos para seus negócios.

Quando o rebanho contrai doenças a produtividade cai. A prevenção é o melhor remédio para um pecuarista manter seus bovinos saudáveis. Algumas doenças são muito comuns em animais desse porte. Listamos algumas delas para que você conheça os métodos de prevenção e tratamentos.

Fique de olho!

A febre aftosa

A febre aftosa é uma doença que prejudica diretamente a produção de leite. Isso acontece porque o gado perde o apetite. A doença também faz com que a qualidade da carne caia.

A transmissão geralmente ocorre pelo consumo de alimentos e água contaminados. Também é possível que animais saudáveis que dividem o pasto com animais contaminados também fiquem doentes.

Se seus bovinos apresentarem erosões na boca, tetas e nos espaços entre os dedos, ranger dos dentes, falta de apetite, salivação abundante e dificuldade de mastigar, fique atento! Todos esses são sintomas da febre.

A vacinação do gado com mais de quatro meses é a melhor forma de prevenir a doença.

Carbúnculo sintomático

O Carbúnculo é uma doença que assusta e muito os pecuaristas, pois ela afeta animais mais jovens, levando bezerros com poucos meses a morte.

A doença causa inflamação nos músculos dos bovinos e é transmitida por germes presentes em água e alimentos contaminados.

Os principais sintomas da infecção são o aumento de pulso do animal, respiração ofegante, febre, inchaço dos músculos, tremedeira e perda de apetite.

A vacinação dos bezerros é a melhor forma de prevenir o carbúnculo sintomático. As doses devem ser repetidas aos 9 meses do animal e depois, anualmente.

Brucelose

A brucelose produz inflamações no útero e placenta das vacas, prejudicando a produção de leite e também diminuindo a taxa de natalidade dos bovinos, pois ocasiona abortos, principalmente no sétimo mês de gestação da vaca.

A principal causa da doença é uma bactéria presente em materiais contaminados com corrimento uterino, restos de placenta e líquidos fetais do animal.

A vacinação das bezerras a partir dos quatro meses de idade, pela pele, é a forma mais eficaz de se prevenir a brucelose.

Na hora de realizar o transporte de gados fique atento aos sinais de c ada uma das doenças e evite que seu gado saudável seja contaminado por animais doentes, prejudicando toda a sua produção.

Write a Reply or Comment